Get more exposure for your business with the new HTML5 flipbooks. Learn more

Projeto Raízes Brasil

Carlos Bhernard


Published on November 12, 2014

O Projeto Raízes (Projeto Integrado de Resgate das Raízes Comunitárias) com núcleo na cidade de Paraty, iniciou suas atividades no dia 20 de novembro de 1995, quando da festa dos 300 anos de Zumbi dos Palmares. Suas atividades inicias foram realizadas dentro do Quilombo do Campinho , localizado na cidade de Paraty. Comunidade Negra Rural, que necessitava do título de propriedade da terra. Convidado pelo IPCN, integrou-se ao MNU (Movimento Negro Unificado) do Rio de Janeiro. Participando das reuniões que foram realizadas no âmbito do IPCN, seguiu rumo a Brasília, para defender as terras quilombolas (terras de preto). Com o apoio da então senadora Benedita da Silva, foi aprovado o artigo 68 das disposições transitórias que reconheceu o direito a propriedade aos moradores de comunidades consideradas remanescentes. Junto com a Associação de Moradores (AMOC), foram realizados diversos atos em favor da comunidade. Sempre constou de suas atividades o resgate comunitário (sustentabilidade e preservação do meio ambiente). Formalizou a extração de fibras nativas, produzindo artesanato nativo, donde empregou alguns moradores, dando ao mesmo condições de sobrevivência. Da experiência obtida ao longos dos anos e hoje funcionando com sede administrativa na cidade de São Paulo, o Projeto Raízes se sente qualificado para realizar mais um ato cívico em sua jornada. Seu perfil de funcionamento abriga voluntários de diversos estados e países, que funcionam em rede, trazendo a público noticias de interesse geral, mas que também são recepcionistas turísticos em suas localidades. EBOOK DIÁRIO RAÍZES & 820 COLABORADORES Atuando, entre Brasil, America do Sul, América do Norte e Europa. Nossa metodologia, cada correspondente, atua de forma voluntária de sua própria residência ou trabalho, fazendo chegar em nossos inbox as informações São filtradas, analisadas e escolhidas para a publicação. Consta uma lista: Professores,Advogados, Médicos,Psicólogos, Estudantes, , Quilombos Urbanos, Quilombos Rurais, Movimentos Populares, Mídia Independente, Correspondentes Internacionais